Deus se deixa encontrar

A narração do ato de Jesus de se esconder, feita pelo evangelista Marcos (cf. Mc 7, 24), pode ser traduzida como a experiência que temos do “Deus escondido”. Muitas pessoas se queixam de não experimentar ou sentir a presença de Deus. A maior parte da experiência de fé se dá numa sensação de ”silêncio de Deus”, principalmente nos momentos em que mais se sente a necessidade da intervenção do Senhor. E quando isso não acontece, nos sentimos abandonados. Até Jesus viveu esta experiência na cruz: “Pai, por que me abandonastes?”.
Continuando a ler o Evangelho (Mc 7, 25-30), vemos que uma mulher trazia em si a dor de ver a filha sofrer sem poder fazer nada. Mas ao ouvir falar que Jesus estava andando na redondeza onde ela morava, nas terras pagãs de Tiro e Sidônia, ela teve fé e o procurou. Jesus, que estava se escondendo, deixou-se encontrar por ela. Assim vemos que uma mulher, mesmo sendo pagã, procurou Jesus e ele deixou que ela o encontrasse. Parece que encontramos neste relato a mensagem de que Deus se deixa encontrar por todos, não importando a situação que se esteja vivendo e não importando a religião que se siga. Para encontrar o Senhor, basta ir ao seu encontro e querer encontrar-se com ele.
É curioso também ver que Jesus estava, em terras pagãs, revelando que Deus vai ao encontro de quem não o busca. Jesus não ficou preso à religião que era considerada verdadeira. Isso está explícito no diálogo entre ele e a mulher: Muitas pessoas por seguirem uma determinada religião se sentem privilegiadas e melhores do que as outras.
Nas palavras de Marcos: sentem-se “filhos”, enquanto que os outros são “cachorrinhos” que ficam com as migalhas que caem da mesa dos filhos. Porém Jesus mostrou que a manifestação de Deus e a salvação oferecida por ele é para todos os que o acolhem em seu coração.  Por isso Jesus libertou a filha da mulher pagã.
Vamos conversar sobre esse Evangelho. Há muita coisa que podemos debater. Se quiser, pode começar respondendo estas perguntas:
Como é sua experiência de fé?
Experimenta uma presença contínua de Deus ou ele parece se esconder quando o busca?

Venha ser um missionário Redentorista:
contato@vocacionalredentorista.com.br
www.vocacionalredentorista.com.br