O Rosário de Maria


O meio mais popular, pelo qual a  mãe de Jesus dispõe para atuar na sociedade, é o santo Rosário. O Papa Paulo VI escreveu três documentos sobre o Rosário, em que ele coloca a oração do Rosário no contexto dos grandes problemas sociais do tempo que foram: a fome, a injustiça e, principalmente, a guerra. “Assim, toda vez que parecia descer a noite sobre o mundo, viu-se despontar no céu Maria, a estrela da manhã. Quando o suor de lutas caíam da fronte da Igreja, quando seus olhos se banhavam de lágrimas, quando sua carne, como a carne de Jesus, era atormentada e pregada na cruz, a Igreja teve sempre próxima de si Maria, a Mãe dolorosa” (Papa Pacelli).
Maria é vista como a guerreira, aquela que, como um exército em ordem de batalha, avança sobre os inimigos. Mas é também aquela que avança como aurora, bela como a lua, esplêndida como o sol para os fiéis. Mas quem seria esses inimigos de Maria e da Igreja? O amor ao dinheiro, o egoísmo, a opressão, as injustiças que fazem sofrer seus filhos e suas filhas. Toda vez que o mundo começa a cair na idolatria ao dinheiro e ao progresso que oprime os mais fracos, Maria avança terrivelmente como um exército para batalhar pelos seus filhos e vem como aurora de esperança para o povo sofrido que acredita na intervenção salvadora de Deus.
O Papa João XXIII recomendou o Rosário declarando-o como uma grande prece universal pelas necessidades da Igreja, das nações e do mundo inteiro. Cada fiel que recita o Rosário significa o mundo em oração, com todos os seus gritos e as suas esperanças.
            Mas como o Rosário contribui para resolver os problemas sociais? O Papa Paulo VI pensa que ele é como um para-raios, capaz de desviar os males, mas não como uma magia, mas por fé na força misteriosa da graça. É a fé na sua forma mais simples e, por menor que seja, é capaz de remover montanhas. Além disso, os mistérios meditados da vida Jesus no Santo Rosário e a contemplação dos exemplos deixados por Maria formam uma pedagogia muito eficaz, que leva o fiel ao compromisso pela paz, o compromisso pela justiça e pela solidariedade, quebrando, assim,o egoísmo que possa ter tomado conta do coração.
            O Papa João Paulo II diz que, durante as dezenas do Rosário, o nosso coração e nossa mente nos levam aos fatos que marcam a nossa vida: os problemas cotidianos, as dificuldades, as alegrias, os desejos, a família, a nação, a Igreja. Assim, essa simples oração carrega dentro de si a totalidade da vida humana, nos fazendo repensar, avaliar e iluminar as nossas atitudes, fortalecer as nossas esperanças, ganhar força para continuar lutando. O Papa ainda acrescenta que o Rosário é como um laço suave que prende o recitante a Deus e à Virgem Maria, bem como aos irmãos e às irmãs que sofrem e que lutam no mundo.
Além disso, o Rosário rezado em família fortalece contra as forças desagregadoras e faz com que os seus membros recuperem a capacidade de se olharem nos olhos, de se comunicarem, de se solidalizarem, de se perdoarem para recomeçar um pacto de amor renovado.
            O Rosário, portanto, é uma prece de paz, que devido ao seu caráter meditativo com a serena sucessão das Ave-Marias, exerce uma ação pacificadora sobre quem reza, predispondo a pessoa a receber a paz, e a transmiti-la ao seu redor.
            Finalmente, o Rosário é capaz de levar à prática da caridade, pois devidamente meditado, ele mostra o rosto do Cristo nos irmãos e nas irmãs, sobretudo nos que mais sofrem. Cada mistério nos abre para a sensibilidade diante da vida humana. E o último mistério, onde contemplamos Maria coroada rainha, é a manifestação do desejo de tornar este mundo mais belo, mais justo. É a consolidação do Reino de Deus pregado e iniciado por Jesus.

Pe. Fagner Dalbem Mapa, C.Ss.R.


Texto baseado no Livro Mariologia Social de Clodovis Boff.

Postagens mais visitadas deste blog

Café Vocacional - Entrevista com o Ir. Pedro, C.Ss.R.

Em comunidade, perseverantes na missão

Tocar as feridas

O coração que arde com a Palavra

Café Vocacional com Sandra Hansen

Onde está a nossa alegria?

Sede perfeitos como vosso pai celeste é perfeito

Recomece

Imagens que nos ajudam

Vocação ao amor